Whindersson Nunes diverte e emociona piauienses durante show de despedida no Estádio Albertão.

O artista falou sobre a violência da capital piauiense, pandemia, guerras e da sua vida em Bom Jesus, sua cidade natal. O show encerrou com a apresentação de um coral.


Whindersson Nunes. Foto Antonio Milena.
some text

Cerca de 15 mil pessoas participaram do show de despedida do humorista Whindersson Nunes na noite deste sábado (19), no Estádio Albertão, em Teresina. Na apresentação chamada ‘Isso não é um culto’, que teve duração de quase três horas, Whindersson falou sobre a violência na capital piauiense, pandemia, guerras e da sua infância em Bom Jesus, município a 600 km ao Sul de Teresina.

Whindersson Nunes em Teresina, Piauí — Foto: Laura Moura /g1
Whindersson Nunes em Teresina, Piauí — Foto: Laura Moura /g1

Cerca de 15 mil pessoas participaram do show de despedida do humorista Whindersson Nunes na noite deste sábado (19), no Estádio Albertão, em Teresina. Na apresentação chamada ‘Isso não é um culto’, que teve duração de quase três horas, Whindersson falou sobre a violência na capital piauiense, pandemia, guerras e da sua infância em Bom Jesus, município a 600 km ao Sul de Teresina.

O show iniciou por volta de 19h30 com a apresentação do humorista teresinense Robson Sousa. Em seguida, sob gritos e aplausos da multidão, Whindersson entrou no palco.

Além de trazer algumas reflexões sobre as mudanças que vêm acontecendo no mundo, o artista cantou algumas de suas paródias acompanhado do músico Luan Murilho. A mais aclamada pelo público foi a canção que falava sobre o preço da gasolina. O humorista encerrou sua apresentação sendo maestro de um coral de vozes.

Whindersson Nunes em Teresina, Piauí — Foto: Laura Moura /g1
Whindersson Nunes em Teresina, Piauí — Foto: Laura Moura /g1

Em dezembro de 2021, o humorista anunciou que irá fazer uma pausa nos shows após quase 10 anos de carreira. "E eu tô muito feliz com a decisão, parece que trabalhar a esmo sem saber onde vai dar era uma coisa que me deixava angustiado, mas decidir dar um sumida parece que coloca tudo ao meu controle de novo, me dá um novo futuro, me dá muitas ideias, e eu vou voltar 10x mais forte, aí sim, o planeta vai ter que engolir!", disse Whindersson na época.

fonte: G1- Piauí

João Nóbrega

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.