TRE conclui envio de urnas aos municípios do Piauí

Foram enviadas, entre urnas eletrônicas de seção eleitoral e urnas eletrônicas de contingência, cerca de seis mil equipamentos.


 TRE conclui envio de urnas aos municípios do Piauí
some text

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), através de sua Seção de Voto Informatizado - SEVIN, concluiu o envio das urnas eletrônicas, mídias e materiais afins, necessários ao pleito eleitoral de 2022, a todas as Zonas Eleitorais do interior do Estado.

Foram enviadas, entre urnas eletrônicas de seção eleitoral e urnas eletrônicas de contingência, cerca de seis mil equipamentos, para um total de 223 municípios, distribuídos em 69 zonas eleitorais.

A entrega das urnas eletrônicas das cinco Zonas Eleitorais de Teresina, em torno de 1.900 unidades, se dará após realizadas as cerimônias de carga, lacre e auditoria das urnas para o 1º Turno, eventos previstos para ocorrer no período de 18 a 29 de setembro de 2022, como prevê o art. 9ª da Res. TRE-PI 450/2022.

O município de Teresina, e outros cerca de 50 municípios menos distantes da capital, utilizarão apenas urnas eletrônica do modelo 2020, equipamento com algumas características não presentes nas demais urnas, como, por exemplo, o terminal do mesário, que não possui teclado físico com superfície sensível ao toque.

Além disso, as urnas 2020 utilizam pen drives como mídias de aplicação, em substituição aos flash cards (cartões de memória), ainda utilizados nos outros modelos, o que permite maior flexibilidade logística na geração de mídias. O processador da UE 2020 é mais rápido que o das urnas de modelos anteriores e as baterias, agora de lítio, têm vida útil mais longa.

Há, porém, outros atributos das urnas eletrônicas, já concebidos pelo TSE, desde a implantação do primeiro exemplar, em 1996, comuns nos modelos 2020 e nas urnas de modelos anteriores, como emissão da Zerésima, comprovando que a urna não contém votos antes da eleição, e do boletim de urna com o resultado após a votação.

Destaca-se ainda o fato de que nenhuma urna eletrônica se conecta a algum tipo de rede, quer internet ou bluetooth. Outra característica comum a todos os modelos de urnas é o uso de criptografia, assinatura e resumos digitais, garantindo que somente programas do TSE e certificados pela Justiça Eleitoral sejam executados nos equipamentos.

As cerimônias de lacração dos pacotes da Justiça Eleitoral, códigos-fontes do sistema e dos programas, diante de partidos políticos e entidades públicas e a possibilidade de auditoria das urnas, antes, durante e após a votação, pelos partidos e instituições integrantes da Comissão de Transparência das Eleições e pela sociedade em geral é outra característica comum a todos os modelos de urna.

Fonte: cidadeverde.com

Christiane albuquerque

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.