Simulado para treinar estudantes ao Enem 2022 é lançado pela Seduc-PI

A ideia é que o simulado permitirá testar as estratégias de escolha das respostas, direcionar o aluno para melhor aproveitar o tempo e identificar quais são as lacunas no aprendizado. 


 Simulado para treinar estudantes ao Enem 2022 é lançado pela Seduc-PI
some text

A pouco mais de dois meses para o primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) disponibiliza mais uma estratégia de preparação para os estudantes, o Simulado 60-30. 

Idealizado pela Coordenação do Pré Enem Seduc - CPENEM e da Unidade de Educação por Mediação Tecnológica - UEMTEC, o simulado faz referência às datas de aplicação que antecedem o Enem 2022, sendo um com 60 dias e outro com 30 dias que antecedem o Enem.

O Simulado 60-30 será executado nas unidades de ensino aos mesmos moldes e regras já aplicadas no Exame Nacional do Ensino Médio em relação ao conteúdo exigido, horário de abertura dos portões, tempo de prova e outros. 

PROVAS 

Em setembro, nos dias 13 e 14, acontece o primeiro dia do Simulado. Serão aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias. O aluno responderá às questões da prova de Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), escolhida pelo mesmo.

Em outubro serão aplicadas, nos dias 13 e 14, as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática, referente ao segundo exame do Enem.

HORÁRIOS 

Os horários do simulado terão como base o Exame Nacional do Ensino Médio, tendo os portões abertos às 12h, pelo horário de Brasília, se fecham às 13h e a prova iniciará às 13h30, sendo o término às 19h, no 1º dia de aplicação do simulado. No 2º dia, a prova terá início às 13h30, com término às 18h30. 

A aplicação das simulações é destinada aos estudantes da 3ª série do Ensino Médio em todas as modalidades de Ensino (Regular parcial, Regular Tempo Integral, Educação de Jovens e Adultos, Educação Profissional). 

Viviane Carvalhedo, diretora da Unidade de Educação por Mediação, explica que o simulado permitirá testar as estratégias de escolha das respostas, direcionar o aluno para melhor aproveitar o tempo e identificar quais são as lacunas no aprendizado. 

"São muitos os benefícios que esse tipo de atividades traz aos estudantes no aspecto da preparação cognitiva,  emocional, física e psicológica para a realização de uma grande prova. Além disso, direciona o aluno para melhor aproveitar o tempo e para aprender a lidar com as suas emoções e com suas falhas. Ter este preparo contribui para a motivação do alunado que é uma das razões que torna o Piauí um estado que a 5 (cinco) anos se destaca no cenário nacional com as melhores taxas de presença e excelentes resultados dos estudantes da escola pública", declarou.

Fonte: Piauí Hoje

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.