Relatório aponta que doenças não transmissíveis são as principais causas de mortes

De acordo com o relatório, esses casos frequentemente são preveníveis e milhões de pessoas poderiam viver mais e com mais qualidade de vida. As mortes poderiam ser reduzidas com a eliminação de fatores de risco, como fumo, alimentação inadequada, consumo de bebidas alcoólicas e sedentarismo. 


 Relatório aponta que doenças não transmissíveis são as principais causas de mortes
some text

A cada dois segundos, uma pessoa com menos de 70 anos morre no mundo por causa de uma doença não transmissível, são 17 milhões de mortes por ano. 86% delas acontecem em países de média e baixa renda.

As informações foram divulgadas ontem (21) num relatório da OMS, a Organização Mundial da Saúde, durante a Assembleia Geral das Nações Unidas.

Doenças não transmissíveis, como as cardíacas, pulmonares, câncer e diabetes, já são as principais causas de mortes no mundo, causando cerca de 3 quartos (3/4) delas.

Além do relatório, foi lançada uma plataforma com informações de 194 países. No Brasil, a estimativa é que essas doenças sejam responsáveis por 75% das mortes, com enfermidades do coração em primeiro lugar. 

No país, a chance de uma pessoa entre 30 e 70 anos morrer de câncer, diabetes, doenças cardíacas ou pulmonares é de 15%.

De acordo com o relatório, esses casos frequentemente são preveníveis e milhões de pessoas poderiam viver mais e com mais qualidade de vida. As mortes poderiam ser reduzidas com a eliminação de fatores de risco, como fumo, alimentação inadequada, consumo de bebidas alcoólicas e sedentarismo. 

Segundo a OMS, embora todos os membros da ONU tenham se comprometido a reduzir a morte prematura por DNTs em um terço até 2030 poucos países estão atualmente no caminho certo para alcançá-lo. 

Fonte: Agência Brasil

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.