Regina Sousa se reunirá com o COE para discutir sobre novo decreto com possível uso obrigatório de máscaras

Piauí tem registrado um aumento de casos da doença.


 Regina Sousa se reunirá com o COE para discutir sobre novo decreto com possível uso obrigatório de máscaras
some text

A governadora Regina Sousa (PT) informou nesta sexta-feira (18) que irá se reunir na próxima semana com o Comitê de Operações Emergenciais do Piauí (COE) e que existe a possibilidade de publicar novo decreto com a volta da obrigatoriedade do uso de máscaras, após o recente aumento nos casos de Covid-19.

Assim como em todo o país, o Piauí também tem registrado um aumento de casos da doença. Na última semana a taxa de positividade foi de 6,5%, que é acima dos 5% que a Organização Mundial de Saúde considera como pandemia sob controle.

Regina Sousa explicou que vai esperar os resultados dos casos de Covid dessa semana para se reunir com os membros do COE e tomar uma decisão sobre a obrigatoriedade no uso de máscara. 

“A gente está aguardando os resultados dessa semana e na segunda-feira ou terça-feira vamos ter uma reunião do COE, que vamos discutir isso para ver se a gente volta [com a obrigatoriedade do uso de máscara]”, explicou.

Atualmente existe uma recomendação do uso obrigatório de máscara em ambientes como o transporte público, unidades de saúde e para pessoas com alguma comorbidade.

Regina Sousa disse que se os resultados continuarem aumentando, na quarta-feira (23) deve sair o decreto com as novas recomendações e destacou a necessidade de tomar medidas preventivas.

“Eu acho que a máscara vai ser uma necessidade de novo, então vamos conversar, acho que terça-feira a gente conversa e na quarta deve sair um decreto, depois da reunião do Coe. Se continuar o resultado dessa semana, como o da outra, onde cresceu quase 3 vezes, não tem como não tomar medidas preventivas”, afirmou.

Aumento de casos

O Brasil enfrenta uma nova onda de casos da doença. O Ministério da Saúde já publicou nota técnica em que recomenda o uso de máscara pela população e a adoção de outras medidas, como ampliação da vigilância genômica, por Estados e municípios. 

Em Teresina, o número de casos positivos de Covid-19 aumentou 288% em uma semana. O dado consta no boletim divulgado pelo Centro de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) sobre a 45ª semana epidemiológica de 2022, de 6 a 12 de novembro. 

O nível de transmissão na cidade, segundo o boletim, continua na faixa verde e é considerado baixo. Contudo, o aumento de casos acende um alerta no poder público.

Baixa vacinação

Enquanto os casos aumentam, a vacinação ainda está longe do ideal. De acordo com levantamento do Plano Nacional de Imunizações (PNI), 936 mil pessoas não retornaram ao posto para tomar a primeira dose de reforço da vacina contra a Covid-19 no Piauí.

A procura está baixa do esperado e tem preocupado as autoridades de saúde. Em Teresina, por exemplo, foi aberto agendamento para crianças de 6 meses a 2 anos na última segunda-feira (14), mas das mil vagas oferecidas, apenas 61 tinham sido preenchidas até quarta-feira (16).

Fonte: cidadeverde.com

Christiane albuquerque

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.