Quem for votar nas eleições deste ano terá tempo extra, garante TSE

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, a mudança é para estimular o eleitor a conferir a opção e impedir que se confirme um voto sem querer.


 Quem for votar nas eleições deste ano terá tempo extra, garante TSE
some text

Quem for votar em outubro vai perceber que o eleitor ganhou um tempo extra para conferir a digitação na urna eletrônica.

Neste ano, serão escolhidos candidatos para 5 cargos. E na hora de votar, a cada uma das cinco confirmações de voto, a urna a urna vai emitir um som breve.

Só depois do eleitor votar para presidente é que o aparelho vai emitir o som clássico da confirmação, mas por um período mais longo.

E para que essa mudança? Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, para estimular o eleitor a conferir a opção e impedir que se confirme um voto sem querer.

Lembrando que o primeiro turno do pleito acontece no dia 2 de outubro e, em um eventual segundo turno, no dia 30 do mesmo mês.

O primeiro cargo a ser preenchido na urna é o de deputado federal, seguido do candidato a deputado estadual ou distrital – no caso dos eleitores do Distrito Federal. Depois, vem as opções para senador, governador e por fim, para presidente da República.

O TSE sugere que os números dos candidatos sejam anotados em uma colinha, para que não se esqueça nenhuma informação na hora de votar.

E quem quiser treinar o manuseio da urna, pode fazer pela internet, votando em candidatos fictícios, no site do Tribunal

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.