Projeto de investimentos para vigilância em saúde é apresentado ao Banco Mundial

O secretário Neris Júnior coloca que as áreas de vigilância reforçaram sua importância dentro de uma realidade de pandemia, com isso investimentos nessas áreas é dever da gestão, para garantir uma vigilância de maior qualidade e com mais condições de desempenhar seu trabalho.


 Projeto de investimentos para vigilância em saúde é apresentado ao Banco Mundial
some text

Representantes das áreas técnicas da Secretaria de Estado da Saúde se reuniram nesta quarta-feira (14) com membros do Banco Mundial para apresentação do projeto que visa investimentos na área da saúde e assistência social, envolvendo Secretaria de Planejamento; Secretaria de Saúde e Secretaria de Assistência Social. Dentro da área da saúde os investimentos serão voltados para a Vigilância em Saúde, fortalecendo as áreas da vigilância ambiental; vigilância epidemiológica, saúde do trabalhador e vigilância sanitária. A reunião foi realizada no auditório do CEIR.

O secretário Neris Júnior coloca que as áreas de vigilância reforçaram sua importância dentro de uma realidade de pandemia, com isso investimentos nessas áreas é dever da gestão, para garantir uma vigilância de maior qualidade e com mais condições de desempenhar seu trabalho.

“Esse projeto reforça os cuidados que a Sesapi tem com a saúde da população, fizemos um trabalho exemplar no enfrentamento a pandemia e percebemos a importância de manter investimentos nas áreas de vigilância em saúde, deixando nossas vigilâncias mais preparadas para atender e ajudar a levar uma saúde de maior qualidade para todos os piauienses”, reforça o secretario.

Como já foi exposto, o projeto visa uma reestruturação do sistema de vigilância em saúde do estado do Piauí. Ana Eulálio , diretora de unidade de planejamento da Secretaria de Estado da Saúde, fala que os resultados atingidos pelo Piauí no enfrentamento a pandemia de Covid-19 demonstra a importância desses investimentos nessa área.

“Analisando o trabalho conjunto e todos os esforços tomados pela Sesapi, verificamos a importância e os impactos que os trabalhos voltados para a vigilância em saúde tiveram dentro dos resultados do estado no enfrentamento a Covid-19. Coleta de dados, análise, identificação dos riscos, condições favoráveis para a disseminação da doença entre outros pontos, além de orientações para o poder público sobre como agir nos diversos momentos da pandemia justificam a prioridade dessa reestruturação da nossa vigilância em Saúde” , coloca a diretora.

Os investimentos junto ao banco mundial também devem chegar ao âmbito da reestruturação e requalificação dos processos de trabalho, das condições tecnológicas e funcionamento do Lacen.

Roberto Iunes, economista sênior do Banco Mundial, destaca que o projeto que vem sendo elaborado e será apresentado é único, além de trabalhar uma área fundamental para a saúde de todos os piauienses.

“A vigilância em saúde é uma área que afeta a qualidade da saúde de todos nós, e é raro identificarmos um estado que se dispõe a investir nessa área como o Piauí está se propondo. É uma posição quase que pioneira com esses investimentos e altamente estratégica para a qualidade da saúde no estado nestes próximos anos”, destaca o economista.

Visita ao Ceir

Após a realização da reunião o Secretário Neris Júnior aproveitou o momento para fazer uma vistoria nas obras de instalação dos dois elevadores no Ceir, além de verificar como está a estrutura da unidade que presta um trabalho que é referencia no apoio a população.

Além das obras dos novos elevadores, o secretário acompanhado do superintendente executivo da Associação Reabilitar, Aderson Luz, também verificou o novo aparelho de ressonância magnética no Ceir. O equipamento tornou a realização de exames mais rápida, além de levar mais conforto para os pacientes, especialmente aqueles que sofrem com o medo de locais fechados. O equipamento é um dos mais modernos do estado e atende a nossa população 100% através do SUS.

“Verificamos agora o novo equipamento de ressonância magnética e também as obras de instalação dos dois elevadores aqui no prédio do Ceir. São investimentos importantes que irão ampliar e melhorar a qualidade dos serviços prestados pelo centro para a nossa população, além de levar mais acessibilidade para o ambiente que é referência nos trabalhos de reabilitação”, disse o Secretário Neris Júnior.

Fonte: Sesapi

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.