Professores em greve poderão ser substituídos através de Decreto, diz Regina Sousa

Em solenidade realizada nesta quinta-feira (19/05) a governadora Regina Sousa voltou a declarar que o Piauí não tem condições de arcar com o reajuste pleiteado pelos professores da rede estadual.


 Professores em greve poderão ser substituídos através de Decreto, diz Regina Sousa
some text

Os trabalhadores da rede estadual de ensino do Piauí estão em greve há 86 dias e reivindicam o reajuste do piso nacional de 33,24% além de 17% relacionados aos anos de 2019 e 2020. Nesta quarta-feira (18/05) o Tribunal de Justiça do estado (TJ-PI) manteve o entendimento de ilegalidade da greve dos magistrados e dobrou a multa diária que antes era R$ 10 mil e agora passava a ser R$ 20 mil casa o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Piauí (Sinte) não encerre a paralisação.

Em solenidade realizada nesta quinta-feira (19/05) a governadora Regina Sousa voltou a declarar que o Piauí não tem condições de arcar com o reajuste pleiteado pelos professores da rede estadual.

“A gente não tem mais como dar reajuste, se tivéssemos dinheiro esse seria o melhor momento para dar reajuste. Não é uma coisa que eu faça por birra é porque não tem dinheiro”, disse a governadora.

Regina Sousa explicou que deve editar um decreto convocando os professores para o retorno a sala de aula e regulando medidas emergenciais, inclusive a contratação de substitutos.

“A gente vai fazer um decreto conclamando-os para estarem retornando a sala de aula na segunda-feira (23/05), se não a gente vai começar a contratar os professores substitutos para colocar na sala de aula para as crianças não perderem todo o seu ano”, explica a chefe do executivo.

Fonte: 180 Graus

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.