Piauí prorroga vacinação contra a Febre Aftosa até 31 de dezembro

A medida foi adotada após a falta de vacina para comercialização nos estabelecimentos.


 Piauí prorroga vacinação contra a Febre Aftosa até 31 de dezembro
some text

prazo para a vacinação contra a Febre Aftosa do rebanho bovino e bubalino que se encerraria nesta terça-feira (30) no Piauí foi prorrogada até o dia 31 de dezembro em todo o estado. Com a nova data, os criadores têm mais dois meses para aplicação e certificação da vacina

A medida foi adotada no estado depois que a Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) identificou a falta de vacinas para comercialização nas lojas. De acordo com Alexsandra Soares, diretora-geral da Adapi, o novo prazo foi necessário para permitir que os produtores que não encontram a vacina possam imunizar o rebanho. 

“Foi uma solicitação da Adapi devido à falta de vacina no comércio. Estávamos com deficiência na produção da vacina. O produtor ia até o estabelecimento e não encontrava a vacina para aplicar no animal”, explicou Alexsandra Soares. A diretora garantiu que os estabelecimentos já estão com vacinas em estoques.

A Adapi orienta que os produtores adquiram e apliquem a vacina no rebanho dentro do prazo e logo em seguida busquem a agência para a certificação. Os criadores podem realizar o procedimento de forma presencial ou online mediante apresentação nota fiscal da vacina e documentação pessoal do produtor.

“A vacinação é de suma importância devido o Piauí não ter nenhum caso de Febre Aftosa. A gente pede que os produtores certifiquem os animais para controlar essa quantidade de animais vacinados. Isso é importante porque futuramente pretendemos retirar a vacina”, disse Alexsandra Soares. 

Fonte: portalodia.com

Christiane albuquerque

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.