Pequenas empresas podem acessar crédito na Piauí Fomento

Segundo o diretor, as empresas podem financiar valores para capital de giro em até 24 parcelas, com três meses de carência, com juros, segundo ele, com taxas mais baixas que o mercado pratica.


 Pequenas empresas podem acessar crédito na Piauí Fomento
some text

A Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí (Fundação Piauí Fomento) lançou linha especial de crédito no valor de até R$ 50 mil para o setor do comércio. O objetivo é oferecer aos empreendedores a oportunidade de reforçar o estoque de produtos para as vendas de fim de ano.

O diretor-presidente da Piauí Fomento, Luiz Carlos Éverton de Farias, explica que o comércio, sobretudo as empresas de pequeno porte, necessitam de capital de giro, especialmente neste momento de aquecimento de vendas, por conta da proximidade das festas de fim de ano. “Os recursos próprios dessas empresas são limitados, além do fato dos pequenos negócios estarem descapitalizados, ainda como consequência dos impactos econômicos da pandemia da Covid-19. Por isso a necessidade desse tipo de financiamento. São valores que atendem mais de 90% das empresas desse porte e faz a diferença para esses empreendimentos que precisam de capital com taxas de juros e prazos adequados para que possam pagar dentro de sua capacidade”, comenta o gestor.

Segundo o diretor, as empresas podem financiar valores para capital de giro em até 24 parcelas, com três meses de carência, com juros, segundo ele, com taxas mais baixas que o mercado pratica. “Essa linha de crédito é rápida, sem burocracia e permite que o pequeno empresário compre a tempo a mercadoria para as vendas de Natal e Ano Novo”, destaca.

Luiz Carlos destaca ainda que, além de recursos para capital de giro, a agência dispõe também de linhas de crédito para investimentos, caso o empreendedor queira fazer melhorias, como investir na modernização da empresa ou comprar equipamentos para melhorar a performance do negócio. “Nesse caso, os prazos do financiamento são maiores, podendo pagar em até 60 meses, com seis meses de carência”, explica Éverton.

O presidente ressalta também que, oferecendo essas linhas de crédito, a Piauí Fomento contribui para dinamizar a economia do Estado e para a geração de emprego e renda, já que “o crédito é vetor de desenvolvimento, em qualquer parte do mundo”.

O gestor lembra que os interessados podem se dirigir à agência que fica no Centro de Teresina com a documentação básica da empresa, como CNPJ, inscrição estadual e contrato do empreendimento. De acordo com ele, é feita uma análise e o empreendedor é informado dos valores que pode ter acesso.

Fonte: CCom

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.