MSD diz que pílula contra Covid-19 reduziu risco de morte e hospitalização em 30%

Estudos tratam do antiviral molnupiravir, que aguarda análise de agências reguladoras.


 MSD diz que pílula contra Covid-19 reduziu risco de morte e hospitalização em 30%
some text

A Merck & Co Inc. (MSD) afirmou nesta sexta-feira (26) que sua pílula experimental contra a Covid-19, a molnupiravir, reduziu o risco de hospitalização e morte em 30% em um estudo, de acordo com dados de todos os pacientes inscritos no estágio final.

A empresa disse que os dados sobre o medicamento molnupiravir, desenvolvido com a Ridgeback Biotherapeutics, foram submetidos a Food and Drug Administration (FDA), dos Estados Unidos, antes de uma reunião de seus consultores especialistas na terça-feira.

Os resultados são diferentes dos apresentados em outro estudo realizado pela MSD em outubro. Nele, a pílula havia reduzido hospitalizações e mortes em cerca de 50%.

Uma análise provisória planejada dos dados no mês passado mostrou que 7,3% dos que receberam molnupiravir duas vezes por dia durante cinco dias foram hospitalizados. Nenhum morreu 29 dias após o tratamento.

A comparação é feita com uma taxa de hospitalização de 14,1% para pacientes que receberam placebo.

Nos dados atualizados, 6,8% dos que receberam molnupiravir foram hospitalizados e uma pessoa morreu, enquanto o outro grupo de placebo teve uma taxa de hospitalização de 9,7%.

Fonte: CNN Brasil

Portal Piauiês

https://opiauies.com

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.