Menor quantidade de pedidos de registros de candidaturas do país é do Piauí

Este ano, no Piauí, são nove candidatos a governador, nove a vice, oito a senador, 172 a deputado federal e 207 a deputado estadual.


 Menor quantidade de  pedidos de registros de candidaturas do país é do Piauí
some text

O Piauí teve a menor quantidade de pedidos de registro de candidaturas para as eleições 2022, junto ao Tribunal Regional Eleitoral do estado. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral, foram 421 pedidos. Em todo o país, foram mais de 28 mil.

O estado com maior número foi São Paulo: 3.591. O Tocantins, por exemplo, com metade da população piauiense, teve 513 pedidos. Em média, por estado, foram mais de 1 mil pedidos registrados junto aos Tribunais Regionais Eleitorais por estado.

De forma geral, conforme explica o professor Vitor Sandes, doutor em ciência política, algumas mudanças influenciam na redução de candidaturas em todo o país.

A quantidade de vagas disponíveis nas casas legislativas é uma das questões. Por exemplo, as candidaturas em todos os estados tiveram redução para o Senado, já que este ano cada unidade federativa irá eleger apenas um senador.

“E há limites legais para a apresentação do número de candidaturas por partido. A regra geral é que os partidos podem apresentar um número de candidatos que não exceda 150% do número de vagas abertas. Em geral, os partidos não alcançam esses limites”, avalia o professor.

Ele cita ainda que novas regras, como fim das coligações e das cláusulas de barreira, são outros pontos a serem considerados.

“Considerando que 95% dos recursos do Fundo Partidário são distribuídos aos partidos com base na proporção de votos obtidos na disputa para a Câmara dos Deputados, é fundamental que os partidos incrementem suas candidaturas para deputado federal”, diz.

Ele completa: “Com isso, os efeitos do fim das coligações eleitorais e da cláusula de barreira puderam ser observado mais claramente na disputa para as Assembleias Legislativas, em que houve redução do número de candidatos, não só no Piauí”.

De fato, no país, os pedidos tiveram uma leve queda: de mais de 29 mil para cerca de 28 mil.

Mobilizações locais incrementam números

O Piauí, contudo, pode ter sofrido o efeito de crescimentos em outros estados, que acabaram tendo maiores mobilizações partidárias.

“Há alguns estados que fogem da média. Isso se deve por razões estaduais, ou seja, por estratégia dos partidos e da lideranças nos estados e possibilidade de fazer bancadas”, comentou Sandes.

Um dos exemplos é o estado do Tocantins, com população estimada em cerca de 1,5 milhão de habitantes, que este ano teve um aumento de 40% nos pedidos de candidatura, em relação a 2018. Ao todo, foram 513 inscrições junto ao TRE.

O Piauí, com o dobro da população, 3,2 milhões, teve uma ligeira redução em relação às últimas eleições estaduais. Em 2018, foram 439 pedidos.

Este ano, no Piauí, são nove candidatos a governador, nove a vice, oito a senador, 172 a deputado federal e 207 a deputado estadual.

Fonte: G1 PI

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.