I Seminário do Programa de Alfabetização na Idade Certa reúne educadores piauienses

De acordo com o Censo Escolar, o PPAIC trouxe um impacto positivo para 2.834 instituições de pré-escola e ciclo de alfabetização nos 224 municípios do Piauí, contando com 4.458 professores da pré-escola e 6.139 professores do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental), beneficiando cerca de 155.538 alunos.


 I Seminário do Programa de Alfabetização na Idade Certa reúne educadores piauienses
some text

Gerentes regionais, dirigentes municipais, coordenadores e formadores estaduais, regionais e municipais estiveram reunidos na manhã da quinta-feira (17) no auditório do Diferencial Eventos, localizado no Centro Sul de Teresina, para participar do I Seminário Estadual do Programa Piauiense de Alfabetização na Idade Certa (PPAIC). A programação do evento conta com palestras e apresentações de boas práticas que foram realizadas pelos municípios ao longo dos anos.

O I Seminário Estadual do PPAIC está sendo realizado na semana do Dia Nacional da Alfabetização, comemorado no dia 14 novembro, e traz um momento de integração entre todas as equipes do programa e uma oportunidade para que ocorram trocas de experiências exitosas que visam fortalecer o Regime de Colaboração e a pauta da alfabetização na Idade Certa.

A coordenadora do programa, Gabriela Oliveira, destaca o objetivo do evento e conta que a programação do seminário se estenderá até o dia posterior. “Hoje nós estamos realizando o primeiro seminário PPAIC, que tem como objetivo fazer um compartilhamento de boas práticas do programa nos municípios. Hoje nós temos algumas palestras, a tarde nós vamos ter mesas e painéis com dirigentes municipais, com coordenadores do PPAIC e com os formadores, com o intuito de compartilhar algumas práticas dos municípios, práticas exitosas para que a gente possa no próximo ano aprimorar essas práticas em todos os municípios piauienses. O evento acontece hoje, o dia todo, e se encerra amanhã ao meio-dia. Hoje ele é o maior programa em regime de colaboração e eu tenho muito orgulho de coordenar essa equipe. Agradeço muito aos dirigentes municipais, prefeitos, gerentes regionais que abraçaram a causa da alfabetização e que hoje lutam junto com a gente para essa melhoria na educação do Estado do Piauí. O regime de colaboração é muito importante para que a educação avance”, explica ela.

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, esteve presente no evento e, em seu discurso, reforçou a importância do PPAIC para a educação do Estado do Piauí. “O mérito que alcançamos com o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) só nos mostra o avanço que nós estamos alcançando na educação municipal. Quando nós olhamos para a rede estadual esse resultado também repercute na rede estadual. Um dos objetivos desse programa é combater a distorção na idade certa e o Piauí hoje está na 9ª colocação de jovens que encerram o Ensino Médio aos 19 anos. Não tenho dúvida nenhuma de que o resultado do trabalho do PPAIC, lá na frente, trará um Piauí ainda mais desenvolvido. Esse é um programa que investe na educação e é o maior exemplo de colaboração”, ressalta ele.

O PPAIC homenageia a professora e doutora da Universidade Federal do Piauí, Antônia Edna Brito, que deu ênfase ao fato de que os professores são essenciais para o êxito do programa. “Essa homenagem se estende a cada um dos professores que faz a alfabetização acontecer no Estado do Piauí. Sem os professores a alfabetização não aconteceria e se eu estou aqui hoje recebendo essa homenagem é porque eu tenho em mim um pedacinho de cada um que passou e que passa na minha vida. Estou aqui hoje exatamente por conta das parcerias, da colaboração e do trabalho árduo de cada professor do Estado Piauí. Eu quero firmar o compromisso de continuar participando, de continuar colaborando e principalmente de continuar aprendendo com todos os meus colegas professores”.

De acordo com o Censo Escolar, o PPAIC trouxe um impacto positivo para 2.834 (duas mil oitocentas e trinta e quatro) instituições de pré-escola e ciclo de alfabetização nos 224 municípios do Estado do Piauí, contando com 4.458 (quatro mil quatrocentos e cinquenta e oito) professores da pré-escola e 6.139 (seis mil cento e trinta e nove) professores do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental), beneficiando cerca de 155.538 (cento e cinquenta e cinco mil e quinhentos e trinta e oito) alunos.

“Esse evento traz uma valorização maior para a alfabetização. Vão ser avaliados o 2º e 5º ano. Teremos os municípios cooperando com o futuro do Estado através da união e não com aquele federalismo de conflito. Só tenho a agradecer por isso, então parabéns ao secretário de Educação, Ellen Gera, e à Seduc por darem essa abertura aos municípios através da APPM", disse o presidente da Associação Piauiense dos Municípios (APPM), Paulo César Rodrigues.

A representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais da Educação (Undime), Idala Moreira, afirma que o programa alcança sua missão por conseguir envolver todos os educadores. “Esse regime era muito esperado por todos nós que fazemos a educação nos municípios. Ele vem fortalecendo a municipalidade, essa colaboração. Era como se antes, a alfabetização estivesse só nas nossas mãos, e agora nós sabemos com quem contar. O programa é muito bonito e eu acredito que ele chega a sua missão final porque ele consegue envolver a todos. Que desse seminário tenhamos muito mais aprendizado para levar para os nossos municípios”.

“O ministério público acredita muito nesse projeto e anseia muito pelos seus resultados porque ele veio após um cenário de pandemia preencher várias lacunas, não apenas de resultados estatísticos, mas de vínculo com a escola, de busca ativa, de recuperação de aprendizagem”, disse Flávia Gomes, promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Piauí.

Fonte: Seduc

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.