Guerra na Ucrânia deve gerar 5 milhões de refugiados, estima a ONU

Aproximadamente 100 mil pessoas já deixaram suas casas, além de outras milhares que já cruzaram as fronteiras, disse o porta-voz no Brasil do Alto-comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Luiz Fernando Godinho.


 Guerra na Ucrânia deve gerar 5 milhões de refugiados, estima a ONU

Hungarian army members stand guard as people flee from Ukraine to Hungary, after Russia launched a massive military operation against Ukraine, in Vasarosnameny, Hungary, February 25, 2022. REUTERS/Bernadett Szabo

some text

A ONU estima que a guerra na Ucrânia pode gerar cerca de cinco milhões de refugiados. A diretora regional da Unicef para Europa e Ásia Central, Afshan Khan, afirmou na sexta-feira (25) que a entidade está preparada para atender esse contingente nos países vizinhos.

Aproximadamente 100 mil pessoas já deixaram suas casas, além de outras milhares que já cruzaram as fronteiras, disse o porta-voz no Brasil do Alto-comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), Luiz Fernando Godinho. Segundo ele, o número é baseado em informações repassadas pelas equipes que estão na Ucrânia.

Ele diz que, além da Ucrânia, a entidade está presente na Hungria, Polônia, Romênia, que já afirmaram que podem receber refugiados, além de Eslováquia e República Tcheca. Nesses locais há planos de contingência para receber as pessoas que chegarem. O atendimento é feito sob coordenação e a pedido dos países.

O porta-voz no Brasil do Acnur ressalta a importância de se preservar vidas e as infraestruturas civis. A segurança dos trabalhadores humanitários também precisa ser assegurada para garantir que o atendimento seja realizado.

Godinho relata que já havia um plano para resposta humanitária dentro da Ucrânia antes de o conflito começar. A previsão era de um investimento de US$ 190 milhões de dólares, mas apenas 9% dos recursos foram arrecadados. Com a escalada da crise, ele espera que novas demandas humanitárias e de assistência surjam.

As doações para os refugiados ucranianos podem ser feitas por meio da página da Acnur na internet: acnur.org.br.

Fonte: Agência Brasil

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.