Governo destaca ritmo acelerado das obras da ponte do tabuleiro

A nova estrutura terá 50 metros de comprimento e sete de largura e substitui uma ponte antiga de madeira que era utilizada pelos moradores no trajeto diário. Neste momento, está sendo finalizado o serviço chamado de bate-estaca, que é a etapa que faz parte das fundações da ponte, para posterior colocação dos pilares.


 Governo destaca ritmo acelerado das obras da ponte do tabuleiro
some text

O Governo do Estado já executou quase 60% das obras da ponte sobre o Rio Tabuleiro, no município de Parnaíba. Estão sendo investidos R$ 3,9 milhões, recursos do Tesouro Estadual, para construção da via em concreto, com peças em pré-moldado. A ponte vai beneficiar diretamente cerca de 15 mil moradores dos bairros Tabuleiro, São Vicente de Paula, Rosápolis e Igaraçu. Após a conclusão, eles terão um meio mais rápido e seguro para chegarem ao Centro da cidade, ou fazer o trajeto contrário, da região central da cidade para os bairros. 

As obras estão a cargo da Secretaria de Estado do Agronegócio e Empreendedorismo Rural (Seagro). A nova estrutura terá 50 metros de comprimento e sete de largura e substitui uma ponte antiga de madeira que era utilizada pelos moradores no trajeto diário. Neste momento, está sendo finalizado o serviço chamado de bate-estaca, que é a etapa que faz parte das fundações da ponte, para posterior colocação dos pilares que dão sustentação ao tabuleiro. Esse último corresponde ao lastro da ponte, que é por onde passam condutores e pedestres.

De acordo com o secretário de Estado do Agronegócio, Jonas Moura, essa é uma ponte em estrutura de pré-moldado. Ele acrescenta que boa parte das estruturas que serão colocadas em cima dos pilares já estão prontas. Segundo o gestor, os recursos para a obra estão todos assegurados e que os pagamentos são feitos regularmente, assim que vão sendo feitas as medições pela empresa, conforme os serviços vão avançando.

Jonas Moura destaca que essa é uma reivindicação antiga da comunidade e vai trazer um impacto positivo à vida das pessoas do litoral, melhorando a mobilidade. “Ela servirá à comunidade desses bairros que precisam da ponte para se locomover no trajeto aos bairros e ao Centro para realização de atividades como trabalho, fazer compras e acesso a serviços de saúde, ajudando na circulação do comércio, entre outras melhorias”, comentou o gestor.
 
Durante a realização dos serviços, para permitir o tráfego de pessoas, foram feitos desvios e informadas rotas alternativas.

Fonte: Cidade Verde

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.