Fila para a perícia médica do INSS no Piauí acumulou 57 mil atendimentos durante greve dos peritos médicos

O atendimento para remarcações funciona pelo telefone 135, e atende das 7h às 22h, de segunda-feira a sábado, conforme horário de Brasília. Esse é o único canal oficial de telefone do INSS.


 Fila para a perícia médica do INSS no Piauí acumulou 57 mil atendimentos durante greve dos peritos médicos

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

some text

A fila para a perícia médica do INSS no Piauí acumulou, durante a greve dos peritos médicos, cerca de 57 mil atendimentos que não foram feitos. As remarcações estão sendo agendadas para datas a partir do mês de outubro. A média de espera pela perícia é de 6 meses no estado. A greve durou 61 dias.

Segundo a Associação Nacional de Peritos Médicos Previdência Social (ANMP), no Piauí há 40 médicos peritos no estado, que trabalham com uma meta de diária de 12 atendimentos.

Nesse ritmo, a fila acumulada demoraria cerca de 120 dias ininterruptos, sem contar finais de semana ou feriados, para ser atendida. De acordo com a ANMP, alguns médicos precisam tirar férias ainda em 2022, que ficaram atrasadas por conta da greve.

Segundo Antônio Machado, presidente do Sindicato dos Servidores da Previdência Social, o órgão precisa de mais funcionários, de várias áreas, para conseguir atender a crescente demanda. Antônio disse que o acordo com o Governo Federal inclui também a reestruturação de agências, novos computadores e a compra de um sistema eletrônico novo.

Após três meses esperando perícia, doméstica com câncer fica sem atendimento com paralisação no INSS em Teresina — Foto: Andrê Nascimento/g1

Após três meses esperando perícia, doméstica com câncer fica sem atendimento com paralisação no INSS em Teresina — Foto: Andrê Nascimento/g1

“Por exemplo, nós temos 27 assistentes sociais no Piauí, para 32 agências. Tem agências do INSS no estado que funcionam com um servidor. Se essa pessoa entra de férias, a agência tem que fechar? Isso é um absurdo. Nossa mão de obra precisa ser reposta”, comentou.

O atendimento para remarcações funciona pelo telefone 135, e atende das 7h às 22h, de segunda-feira a sábado, conforme horário de Brasília. Esse é o único canal oficial de telefone do INSS.

Greve de médicos e de servidores

A greve dos peritos médicos foi um movimento nacional que durou 61 dias: começou no dia 23 de março e foi encerrada no dia 23 de maio, com um acordo entre a Associação Nacional de Médicos-peritos (ANMP) e o Ministério do Trabalho e Previdência. Os demais servidores do órgão aderiram à greve.

Segundo a ANMP, todas as 18 reivindicações da categoria foram atendidas. Alguns delas serão cumpridas nos próximos dias. O movimento reivindicava reajuste salarial, revisão de benefícios e ajustes no plano de carreira. Segundo a ANMP, durante o período de greve foram cerca de 600 mil perícias remarcadas em todo o Brasil.

Em nota, o INSS informou que está elaborando um plano de trabalho para que sejam compensados os dias em que os servidores ficaram em greve, e que o órgão está empenhado em agilizar as análises e concessões de benefícios dos segurados.

Fonte: G1

Christiane albuquerque

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.