Extrato do INSS mostrará nova margem do consignado em setembro

App ou site do Meu INSS só detalham margem de até 40%, sem novo cartão consignado.


 Extrato do INSS mostrará nova margem do consignado em setembro

Servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) entraram em greve por tempo indeterminado. Eles reivindicam reajuste salarial de 27,5% e melhores condições de trabalho (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

some text

Aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ainda não conseguem consultar os valores exatos que podem comprometer com as novas regras do empréstimo consignado no extrato do Meu INSS. O órgão informou que a adaptação dos extratos para mostrar a margem com os 5% adicionais do cartão de benefício está em implantação, com previsão de conclusão até o final de setembro.

Com a lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) no dia 3 de agosto, o novo limite é de 45% do benefício. Foram mantidos os 35% que podem ser usados exclusivamente para empréstimos, financiamentos e arrendamentos mercantis e os 5% para cobrir gastos do cartão de crédito consignado. A novidade é que os segurados poderão comprometer 5% exclusivamente com despesas e saques com o chamado cartão consignado de benefício.

A taxa de juros será a mesma do cartão de crédito, de até 3,06% ao mês, informou o INSS.

Mesmo sem a adaptação completa, aposentados podem encontrar informações importantes no site ou aplicativo Meu INSS, como o número de empréstimos ativos e os valores que já foram descontados e que estão sendo debitados de seu benefício.

COMO CONSULTAR O EXTRATO DO CONSIGNADO DO INSS​

Acesse o Meu INSS com seu CPF e senha

Se for necessário, informe email para receber um código de validação

Clique em “Extrato de Empréstimo”; se o serviço não estiver nesta aba, role a página e procure em “Outros Serviços”. Se necessário, clique em “Ver mais”, no canto inferior direito.

Se recebe mais de um benefício previdenciário, consulte um por vez.

A tela vai mostrar o número do benefício e o banco onde ele é pago, além da margem consignável.

O sistema informará se o benefício está bloqueado para empréstimo, a quantidade de empréstimos ativos, suspensos, excluídos e encerrados, se for o caso. Também há um campo específico para o empréstimo feito por meio de cartão.

Quando a pessoa não possui empréstimo e não está com empréstimos bloqueados, a margem aparece na tela inicial do extrato de consignados do Meu INSS. Se a pessoa tiver o benefício bloqueado, os valores não aparecerão

Ao clicar sobre o empréstimo ativo, o sistema mostrará data da solicitação, número do contrato, valor total emprestado, total de parcelas, valor da parcela e previsão de quitação.

Para quem tem empréstimo, clique em “Baixar PDF”, no canto inferior direito da página, para ver o extrato completo. Na primeira página do extrato de consignações aparecerá uma tabela com os valores consignáveis.

De acordo com o INSS, o máximo é de nove contratos de empréstimo pessoal. No caso do cartão de crédito, o limite é de uma contratação.

O QUE É O EMPRÉSTIMO CONSIGNADO DO INSS?

O empréstimo consignado desconta parcelas da dívida diretamente da folha de pagamento. No caso do consignado do INSS, as parcelas são descontadas diretamente do benefício de aposentados e pensionistas.

As taxas cobradas pelas instituições financeiras costumam ser mais baixas do que as de outros tipos de empréstimo, já que o risco das dívidas não serem quitadas também é baixo. Segundo o INSS, o número de parcelas deve ser acordado entre o banco e o contratante, mas a taxa de juros máxima atual é de 2,14% ao mês nas operações de empréstimos consignados e 3,06% ao mês no cartão de crédito.

Fonte: Jornal de Brasilia

Christiane albuquerque

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.