EXCLUSIVO: Jornalismo Liderança teve acesso preliminar a perícia dos documentos que foram queimados no arrombamento que ocorreu na semana passada no CT do Parnahyba.

some text

Segundo acesso preliminar que tivemos dos documentos queimados na semana passada no arrombamento do Centro de treinamento do PARNAHYBA SPORT CLUBE, os documentos que foram queimados foram um jornal, um forro de papelão, uma impressão de um CRLV de um carro e uma pasta que tinha papéis, onde discriminava escalas de plantão. Ainda segundo o resultado da perícia, foi colhida uma digital na maçaneta da porta que, possivelmente seja de um dos suspeitos.

Segundo a Delegada que está a frente do caso Rafaela Bezerra, existem dois suspeitos do crime, mas que aparentemente não estão ligados diretamente com o time do PARNAHYBA. Segundo a polícia civil, acredita-se que o motivo dessa queima de documentos seja porque, como o centro de treinamento do Parnahyba está sem energia elétrica os suspeitos queriam iluminar a sala que foi alvo dos bandidos.

A delegada disse que suspeita que a intenção não era comprometer o time em si, e sim a prática do crime de furto. O inquérito policial tem até 30 dias para encerrar as investigações. Bens que foram levados frutos do arrombamento já foram devolvidos, segundo a polícia.

Procurado, o presidente licenciado do Parnahyba o vereador Batista Filho (SOLIDARIEDADE) disse que haverá uma reunião nos próximos dias para decidir sobre a questão da segurança no CT, como a contratação de um vigia para ficar no turno da noite.

Relembrando

Na madrugada da última quarta-feira (14), o CT do Parnahyba foi alvo de bandidos. Os criminosos invadiram e queimaram documentos do centro de treinamento (CT) do Parnahyba Sport Club (PSC), localizado na Rua Franklin Veras, Bairro Nossa Senhora de Fátima. “A gente fica triste, esperar que a Polícia Civil possa apurar o que na realidade houve, porque realmente está estranho, terem quebrado o vidro de nossa loja e arrebentado e queimado uma série de arquivos nossos do Parnahyba Sport Club”, disse Batista Filho, dirigente interino do PSC.

Foram furtados uma sanduicheira e uma bicicleta elétrica do caseiro. Equipamentos eletrônicos, troféus e medalhas não foram levados pelos suspeitos. Na mesa da diretoria estavam papéis queimados.

Texto: Naã Furtado

Portal Piauiês

https://opiauies.com

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.