Estados do Piauí e Ceará trocam experiências sobre política de alfabetização na idade certa

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, visitou Sobral (CE) para trocar experiências sobre o modelo de cooperação com os municípios, desenvolvido pelo Governo do Ceará, e implementado em 2021 no Piauí.


 Estados do Piauí e Ceará trocam experiências sobre política de alfabetização na idade certa
some text

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, visitou, nessa terça-feira (07), o município de Sobral, no Ceará, para trocar experiências sobre o modelo de cooperação com os municípios, desenvolvido pelo Governo do Ceará, e implementado em 2021 no Piauí.

A convite da Associação Bem Comum, parceira da Seduc/PI na execução do PRO Alfabetização Na Idade Certa, Ellen Gera se reuniu com o secretário municipal de Sobral, Herbert Lima, para conhecer a política de alfabetização desenvolvida nas escolas municipais.

“Viemos até Sobral para ver a forma como eles trabalham com a alfabetização das crianças e aproveitamos para conhecer, também, o trabalho da Secretaria de Estado da Educação do Ceará. Temos muito interesse em conhecer esses programas e trocar experiências para, quem sabe, incorporá-los em nossas ações, uma vez que o regime de colaboração com os municípios foi uma política, também, adotada no Piauí.”, observa.

Ellen Gera avalia que o mais importante da visita foi compreender o regime de colaboração cearense, principalmente na forma em que as Gestões Municipal e Estadual trabalham de forma integrada.

“Tive a oportunidade de conhecer um pouco do trabalho da gestão municipal que, ao longo dos anos, vem apostando na pactuação, regime de colaboração, autonomia escolar e, também, no investimento e apoio do Governo do Ceará na educação como pilar de desenvolvimento. Nos mostraram um material pedagógico estruturado, que é construído por eles, e apresentaram a estrutura de avaliação e formação de estudantes e professores, que são os pilares do Programa”, apontou Ellen Gera.

O secretário avalia que embora a educação Infantil e o ensino Fundamental sejam de responsabilidade dos municípios, é importante que o estado se coloque como corresponsável nesse processo. “É importante que os gestores vejam os estudantes independente da rede em que ele está matriculado. O estado auxiliando os municípios, dando suporte para que eles promovam a alfabetização na idade correta e de forma eficiente, certamente terá um estudante de ensino Médio sem defasagem de aprendizagem e com menos risco de evasão”, comenta.

PRO Aalfabetização na Idade Certa

Maior programa de alfabetização já criado na história do Piauí, o PRO Alfabetização na Idade Certa tem o objetivo de alfabetizar todas as crianças até os 7 anos de idade. A iniciativa é realizada em regime de colaboração e com adesão de 100% dos municípios piauienses. A expectativa é beneficiar mais de 200 mil crianças das escolas públicas de educação Infantil e do ciclo de alfabetização (1º e 2º ano do ensino Fundamental).

Em parceria com a Fundação Lemann, o Instituto Natura e a Associação Bem Comum, a proposta é trabalhar em regime de colaboração com os municípios e garantir o fortalecimento da gestão, o fornecimento de material complementar, o incentivo às escolas, a avaliação dos estudantes e a formação de gestores e professores.

Por meio de convênios com as prefeituras, a Secretaria de Estado da Educação vai fornecer, aos municípios, material complementar e de apoio pedagógico para a alfabetização. O programa prevê, também, formação continuada para os gestores das escolas, coordenadores pedagógicos e para professores que atuam na pré-escola e alfabetização. Serão capacitados gestores de 8 mil escolas e mais de 15 mil professores das redes estadual e municipais que estão diretamente ligados com o ciclo de alfabetização.

Fonte: Seduc

Christiane albuquerque

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.