Entidades e procuradores-gerais eleitorais manifestam apoio ao sistema eletrônico de votação

Divulgadas nos meses de julho e agosto, notas, que também reforçam a segurança do processo eleitoral brasileiro, foram assinadas por autoridades públicas e membros do Poder Judiciário


 Entidades e procuradores-gerais eleitorais manifestam apoio ao sistema eletrônico de votação
some text

Durante o mês de julho e o início de agosto, oito entidades brasileiras e oito procuradores-gerais eleitorais se uniram aos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e divulgaram notas públicas em defesa da democracia e do sistema eletrônico de votação. Nesta segunda-feira (2), 18 ministros que passaram pela Presidência da Corte Eleitoral desde a promulgação da Constituição Federal de 1988 assinaram um documento em prol da urna eletrônica.

Além de apoiar o voto informatizado, membros do Poder Judiciário, autoridades públicas e especialistas em Direito Eleitoral endossaram a segurança e a eficiência do processo eleitoral do país, que passa por diversas etapas de auditoria antes, durante e depois das eleições. Desde 1996, ano em que foram realizadas as primeiras experiências com a urna eletrônica, nenhuma fraude foi comprovada.

Nos manifestos, as entidades repudiaram os ataques feitos contra a Justiça Eleitoral e defenderam a manutenção da independência entre os Três Poderes. A importância do respeito à vontade e à soberania popular foi outro ponto destacado pelas autoridades.

Confira a lista de instituições e autoridades que divulgaram notas públicas em defesa do voto eletrônico:

Academia Brasileira de Direito Eleitoral e Político (Abradep)

Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe)

Associação dos Juízes Federais de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Ajufesp)

Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul (Ajuris)

Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB)

Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp)

Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais do Brasil (Coptrel)

Fonte: TSE

Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral (Ibrade)

Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP)

Testemunho de procuradores-gerais eleitorais, assinado por: Raquel Elias Ferreira Dodge; Rodrigo Janot Monteiro de Barros; Roberto Monteiro Gurgel Santos; Antonio Fernando Barros e Silva de Souza; Cláudio Lemos Fonteles; Aristides Junqueira Alvarenga; José Paulo Sepúlveda Pertence; e Inocêncio Mártires Coelho

Fonte: TRE-PI/TSE

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.