Desafio visa estimular doações de sangue na Semana Nacional do Doador

Pode participar do desafio qualquer instituição pública ou privada. A premiação é simbólica, e para concorrer, o grupo precisa agendar horário e até o dia 30 de novembro.


 Desafio visa estimular doações de sangue na Semana Nacional do Doador
some text

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) lança a 2ª edição do Desafio Solidário, uma competição para estimular as doações em novembro, mês em que se comemora o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue (25 de novembro).

Por conta dos jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo, o Dia do Doador de Sangue foi antecipado para esta quarta-feira (23). “Preparamos uma programação especial para a semana de 20 a 26 de novembro em todas as unidades do Hemopi, em Teresina, Picos, Parnaíba e Floriano – com música, lanche diferenciado, entre outros incentivos para atrair e agradecer aos doadores que colaboram com o hemocentro ao longo do ano”, conta o diretor-geral do Hemopi, Jurandir Martins.

Ele explica que o Desafio Solidário está em sua segunda edição e é uma forma de atrair novos parceiros ao Hemopi. “Ao longo do ano, o Hemopi desenvolve ações com vários parceiros – Igrejas, escolas, empresas, órgãos públicos e entidades da sociedade civil – que ajudam a manter o estoque do hemocentro. Seja na capital ou nas unidades do interior, essas parcerias são muito importantes, pois fortalecem o vínculo com a comunidade e incentivam outras a fazerem o mesmo”.

Pode participar do desafio qualquer instituição pública ou privada. A premiação é simbólica, e para concorrer, o grupo precisa agendar horário e até o dia 30 de novembro. O agendamento pode ser feito de segunda à sexta, das 8h às 17h, em todas as quatro unidades do Hemopi por meio dos telefones:

  • Teresina (86) 3221 8320
  • Parnaíba (86) 32212854
  • Picos (89) 3421 2138
  • Floriano (89) 3522 2020/3522 2922

Os agendamentos também podem ser feitos através do e-mail: [email protected]

Ganha o time que trouxer mais doadores ao Hemopi nesse período. Ao final, serão oito ganhadores, sendo dois em cada unidade. O resultado será divulgado no dia 02 de dezembro.

Para doar sangue é necessário ter entre 16 e 69 anos, pesar acima de 50kg, estar saudável – sem sintomas de gripe ou resfriado, estar alimentado e portar documento oficial com foto. Menores de 18 anos precisam de autorização dos pais e/ou responsáveis legais para doar.

Em Teresina, o Hemopi funciona para doação de sangue de segunda a sexta, de 7h15 às 18h. Aos sábados e feriados até às 17h. Os hemocentros regionais de Picos, Parnaíba e Floriano funcionam de segunda a sexta de 7h30 às 18h.

Hemopi em Números

No período de 2002 até outubro de 2022, o Hemopi cadastrou 465.196 doadores que realizaram, nesse período, 927.985 doações de sangue.

Nos últimos anos, a média de doações de sangue foi de 50 mil/ano, o que corresponde a cerca de 4 mil doações/mês.

Hemorede

A Hemorrede do Piauí é formada por quatro unidades de coleta, processamento e distribuição localizadas em Teresina, Picos, Parnaíba e Floriano.

Além destas, existem 21 agências transfusional distribuídas em unidades hospitalares nos seguintes locais: Barras, Bom Jesus, Campo Maior, Corrente, Esperantina, Floriano, Fronteiras, Jaicós, Luzilândia, Oeiras, Paulistana, Parnaíba (Heda), Pedro II , Picos, Piracuruca, São Raimundo Nonato, Uruçuí e Valença.

Como único hemocentro público do Estado do Piauí, o Hemopi tem o desafio diário de manter o estoque abastecido para fornecer hemocomponentes as unidades hospitalares da rede pública e algumas da rede privada de saúde.

Fonte: Hemopi

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.