Crianças de 6 meses a menores de 3 anos com comorbidades começam a ser vacinadas em Parnaíba

No dia 21 de novembro, no turno manhã, haverá vacinação na Unidade Básica de Saúde módulo 14, na Rua Afonso Pena, 1057, Bairro Pindorama, em frente à APAE. Na quarta-feira, 23 de novembro, a vacinação será realizada na UBS módulo 34, na Rua Passajarina, Bairro Pindorama, atrás da Prefeitura de Parnaíba.


 Crianças de 6 meses a menores de 3 anos com comorbidades começam a ser vacinadas em Parnaíba
some text

A Prefeitura de Parnaíba, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai disponibilizar vacinas contra a Covid-19 para crianças de 6 meses a menores de 3 anos (dois anos, 11 meses e 29 dias) com comorbidades. No dia 21 de novembro, no turno manhã, haverá vacinação na Unidade Básica de Saúde módulo 14, na Rua Afonso Pena, 1057, Bairro Pindorama, em frente à APAE. Na quarta-feira, 23 de novembro, a vacinação será realizada na UBS módulo 34, na Rua Passajarina, Bairro Pindorama, atrás da Prefeitura de Parnaíba. Os pais ou responsáveis pelas crianças deverão apresentar comprovante de comorbidade da criança, tai como laudo ou prescrição médica, ou outro documento comprobatório.

O Prefeito Francisco de Assis de Moraes Souza, Mão Santa, determinou às equipes de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde que se empenhem no processo de vacinação, para que o maior número possível de crianças parnaibanas seja beneficiada com o imunizante.

Os grupos de comorbidades incluídos para a vacina contra a Covid-19 em crianças são os de diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial persistente (HAP), hipertensão arterial estágio 3, hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão grave no órgão-alvo, insuficiência cardíaca (IC), cor-pulmonale e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas e cardiopatias congênitas. Também estão incluídas na lista as comorbidades com próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados, doenças neurológicas crônicas, doença renal crônica, imunocomprometidos, hemoglobinopatias graves, obesidade mórbida, síndrome de down, cirrose hepática.

O Ministério da Saúde vai distribuir um milhão de doses na da vacina CoronaVac em todo o Brasil. Para crianças, o esquema vacinal com a CoronaVac é o mesmo do público adolescente e adulto. Segundo a autoridade do setor de saúde, as doses de reforço aumentam a proteção contra casos graves e óbitos pela covid-19.

Fonte: Supcom

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.