Covid: Estudo preliminar indica medicamento que reduz mortes em 38%

Estudo preliminar desenvolvido no Brasil indica que um anti-inflamatório pode reduzir em 38% a mortalidade de doentes graves de covid-19.


 Covid: Estudo preliminar indica medicamento que reduz mortes em 38%

Corona Viruses against Dark Background

some text

Estudo preliminar desenvolvido no Brasil indica que um anti-inflamatório pode reduzir em 38% a mortalidade de doentes graves de covid-19. É o baricitinibe, medicamento usado no país para o tratamento de artrite reumatoide.

O infectologista Adilson Cavalcanti, responsável pelo estudo no Hospital Anchieta, de São Bernardo do Campo, em São Paulo, explica que essa redução foi demonstrada em uma análise parcial feita em comparação com o grupo de voluntários que recebeu um placebo.

O estudo, patrocinado pela fabricante do medicamento, a multinacional Eli Lilly, foi realizado em 12 centros clínicos do país com mais de 1.500 voluntários e contou com colaboração internacional. 

O médico Adilson Cavalcanti ressalta que o medicamento só poderá ser prescrito por médicos que estejam cuidando de pacientes internados em hospitais com diagnóstico de Covid-19 e necessitem de oxigênio como parte do tratamento. Inibir a atividade inflamatória causada pelo novo coronavírus é o benefício do baricitinibe, segundo o estudo. 

Sonora 2

Vale destacar que a fabricante do anti-inflamatório já solicitou à Anvisa a liberação do uso do medicamento para casos graves de Covid-19. O baricitinibe tem aprovação para uso emergencial contra o novo coronavírus nos Estados Unidos.

Fonte: Rádio Agência Nacional

Portal Piauiês

https://opiauies.com

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.