Cobertura vacinal contra sarampo não chegou nem a 30% das crianças no Brasil

O número de imunizados pela tríplice viral, que imuniza contra sarampo, e também caxumba e rubéola, vem caindo. Em 2019, a cobertura vacinal começou a cair, oscilando entre 85% e 95%. Em 2020, baixou para 80%, e em 2021 apenas 73% da meta atingida.


 Cobertura vacinal contra sarampo não chegou nem a 30% das crianças no Brasil
some text

A campanha de vacinação contra o sarampo entre crianças de seis meses a menos de cinco anos termina nesta sexta-feira (3), mas até o momento a cobertura não chegou nem a 30% das crianças. Isso significa que menos de uma a cada três crianças nessa faixa etária recebeu uma dose da vacina contra sarampo.

Essa porcentagem de imunizados preocupa o Ministério da Saúde sobre a possibilidade de surtos da doença avançarem pelo Brasil. A meta da pasta era de 95%.

O médico Renato Kfouri, da Sociedade Brasileira de Pediatria, adverte sobre a importância da imunização contra o sarampo, doença que pode trazer sequelas e até matar. Ele aponta um dos motivos da baixa procura pela vacina: a percepção de risco.

O número de imunizados pela tríplice viral, que imuniza contra sarampo, e também caxumba e rubéola, vem caindo. Segundo dados do Ministério da Saúde, nos últimos dez anos, a meta foi 100% atingida de 2011 a 2014, e em 2016 o Brasil até recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) o certificado de território livre de sarampo.

Mas, a partir daí, até 2019, a cobertura vacinal começou a cair, oscilando entre 85% e 95%. Em 2020, primeiro ano da pandemia de covid-19, a porcentagem de crianças vacinadas baixou para 80%, alcançando em 2021 o pior índice da história recente, com apenas 73% da meta atingida.

O resultado foi a volta do sarampo com força no país. Entre 2018 e 2021, o Brasil contabilizou mais de 40 mil doentes, dos quais 40 morreram, e a Opas retirou o certificado em 2019.

O sarampo é doença grave, e pode retardar o crescimento e reduzir a capacidade mental. Por isso, pais e mães, atenção! Vacinem seus filhos contra o sarampo até sexta-feira!

Fonte: Agência Brasil

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.