Brasil ganha ouro no lançamento de disco

Alessandro ainda conquistou novo recorde paralímpico.


 Brasil ganha ouro no lançamento de disco
some text

O início da madrugada desta quinta-feira no Brasil foi com a conquista do ouro do lançamento de disco pelo paulista Alessandro Rodrigo da Silva, da classe F11, para deficientes visuais, com a marca de 43m16, novo recorde paralímpico.

No arremesso de peso, classe F35, paralisados cerebrais, Marivana Oliveira conquistou medalha de prata. Mateus Evangelista, classe T37, paralisados cerebrais, ficou com o bronze do salto em distância.

A natação brasileira conquistou dois ouros. O primeiro com Thalisson Glock, nos 400 metros livre, da Classe S6, com deficiência física, e o segundo com Gabriel Araújo, nos 50 metros costas, classe S2, deficiência física.

No parataekwondo, uma final inesperada. Na semifinal, que definiria o adversário do brasileiro, teve egípcio no departamento médico e russo desclassificado. Com isso, Natham Torquato, em sua estreia em paralimpíadas, ficou com o ouro da categoria até 61 quilos, classe K44, atletas com deficiência unilateral em um dos membros superiores.

No futebol de 5, sob forte chuva, em Tóquio, o Brasil venceu os representantes de Marrocos, com um gol contra, e está na final.

No momento, no quadro geral de medalhas, o Brasil está na sexta colocação, com um total de 54, sendo 19 de ouro, 13 de prata e 22 de bronze.

Acompanhe as transmissões dos jogos paralímpicos pela TV Brasil, emissora oficial dos jogos Paralímpicos de Tóquio, junto com Agência Brasil, Rádio Nacional e redes sociais da EBC.

Fonte: Agência Brasil

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.