Brasil conquista 100ª medalha de ouro na história das Paralimpíadas

O feito foi conquistado com direito a recorde mundial.


 Brasil conquista 100ª medalha de ouro na história das Paralimpíadas
some text

Yeltsin Jacques é o dono da medalha de ouro de número cem do Brasil na história das Paralimpíadas. O feito foi conquistado, com direito a recorde mundial, na noite desta segunda-feira, com o tempo de 3 minutos 57 segundos e 60 centésimos.

Na manha desta terça-feira, o Brasil conquistou 4 medalhas na natação. Carol Santiago venceu os 100 metros livre da classe S12, para atletas de baixa visão, e conquistou seu segundo ouro nos jogos de Tóquio. Gabriel Bandeira ficou com a prata nos 200 metros medley da classe SM14, e no revezamento 4x100 metros misto. Mariana Ribeiro conquistou o bronze nos 100 metros livre da classe S9.

No atletismo, Raíssa Rocha Machado conquistou a prata no lançamento de dardo, classe F56, com a marca de 24 metros e 39 centímetros. Jardênia da Silva ficou com o bronze nos 400 metros, feminino, Classe T20.

A oitava posição nos jogos do Rio, em 2016, foi a melhor colocação brasileira no quadro geral de medalhas, com um total de 72 pódios, sendo 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze.

No momento o Brasil ocupa a sexta colocação no quadro geral de medalhas de Tóquio, com um total de 41 medalhas conquistadas, sendo 14 ouros, 11 pratas e 16 bronzes.

Acompanhe as transmissões dos jogos paralímpicos pela TV Brasil, emissora oficial dos jogos Paralímpicos de Tóquio, junto com Agência Brasil, Rádio Nacional e redes sociais da EBC.

Fonte: Agência Brasil

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.