Bancos recusam carta de crédito a Prefeitura de Parnaíba na compra de imóvel para sede do governo municipal

Mão Santa já chamava o imóvel de Karnakinho


 Bancos recusam carta de crédito a Prefeitura de Parnaíba na compra de imóvel para sede do governo municipal
some text

Fontes revelaram ao jornalismo da Rádio Liderança e do site O Piauiês que a Prefeitura Municipal de Parnaíba não obteve sucesso na contratação de financiamento junto à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil, que possibilitaria à gestão municipal adquirir um imóvel situado na Praça Santo Antônio, no valor de R$700 mil reais.

Nosso jornalismo apurou e confirmou com herdeiros da família Correia, proprietários do imóvel, que a Prefeitura já comunicou a desistência de compra. Disse-nos um dos herdeiros: "o prefeito tentou um financiamento junto à CEF e ao BB, mas ambos foram negados e com a impossibilidade de pagar com recursos próprios, liberaram a venda...". Segundo o familiar, um novo comprador já manifestou interesse.

Nossas fontes também revelaram que os bancos não aprovaram carta de crédito à Prefeitura de Parnaíba devido a alta folha de pagamento de comissionados. Nossa equipe procurou o Secretário Municipal da Fazenda, Gil Borges, que não respondeu às nossas mensagens até o fechamento dessa matéria.

A aquisição do imóvel foi uma decisão pessoal do Prefeito Mão Santa (DEM), que em março deste ano encaminhou à Câmara Municipal o PL 4.685/21, aprovado pelos edis. Mão Santa já chamava o imóvel de "Karnakinho", pois lá desejava implantar o Palácio da Cidade, portanto, sede do governo municipal onde deveria funcionar o gabinete do prefeito e secretarias mais próximas do executivo.

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.