282 candidaturas no Piauí já estão deferidas pelo TRE-PI e 03 foram considerados inaptos

Pelo calendário eleitoral, a Justiça tem que julgar todos os pedidos de registros de candidaturas até 20 dias antes das eleições, ou seja, até 12 de setembro. Se alguma candidatura não for analisada até este prazo, poderá ser julgada posteriormente.


 282 candidaturas no Piauí já estão deferidas pelo TRE-PI e 03 foram considerados inaptos
some text

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TER-PI) já deferiu 282 candidaturas aos cargos em disputa nas eleições deste ano. O total de 66,35% dos 475 nomes registrados junto à Justiça neste ano. 

Dos candidatos a governador do Piauí, a Justiça Eleitoral já autorizou cinco dos nove nomes a concorrerem ao cargo. Já foram deferidas as candidatura de Geraldo Carvalho (PSTU), Madalena Nunes (Psol/federação), Rafael Fonteles (PT/federação), Ravenna Castro (PMN), Sílvio Mendes (União Brasil). 

Ainda estão aguardando o julgamento do TRE-PI: coronel Diego Melo (PL), Gessy Lima (PSC), Gustavo Henrique (Patriota) e Lourdes Melo (PCO). 

Entre os candidatos ao cargo de chefe do Executivo, duas candidaturas sofreram pedidos de impugnação: Coronel Diego Melo e Gessy Lima. Eles têm o prazo de sete dias para contestarem os pedidos de impugnação. 

CANDIDATURAS INAPTAS 

Ainda segundo as informações do TRE-PI, três candidatos foram consideradas inaptos. A candidatura a deputada federal pela Rede de Edileuza da Enfermagem foi indeferida, devido à ausência de registro requisitado. 

Outras duas candidaturas foram declaradas inaptas por renúncia: a ex-candidata a vice-governadora do Patriota, Joselina Ferreira e Wesley da Cunha Silva (PTB). 

PRAZO SEGUE ATÉ DIA 12 DE SETEMBRO

Pelo calendário eleitoral, a Justiça tem que julgar todos os pedidos de registros de candidaturas até 20 dias antes das eleições, ou seja, até 12 de setembro. Se alguma candidatura não for analisada até este prazo, poderá ser julgada posteriormente.

Segundo a chefe de distribuição de processos do TRE-PI, Carmem Campelo, houve sete pedidos de impugnação contra candidatos. 

“Os candidatos impugnados tem que seguir os ritos da legislação. É um rito mais demorado que envolve um prazo maior para a defesa e, portanto, é mais demorado que realmente pode ultrapassar o dia 12. Mas como só foram sete pedidos acreditamos que o Tribunal cumprirá quase que na totalidade com esse prazo”, explicou. 

Fonte: Cidade Verde

Samuel Aguiar

Veja ainda

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Obrigado por seu contato!
Em breve nossa equipe retornará para você.